Breaking News

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Polícia Militar é chamada para intimidar professores do estado em Imperatriz

Educação Imperatriz - A confusão aconteceu agora a tarde na Escola Dorgival de Pinheiro de Sousa. Professores (incluindo de São Luís) que se encontra em capacitação iniciaram uma discussão com o gestor da educação do Estado em Imperatriz Agostinho Noleto, que semanas atrás foi aos meios de comunicação local e chamou os professores de irresponsáveis por conta da mais recente greve.

Os professores questionaram a qualidade da capacitação, sendo que boa parte do material utilizado é “refugo” de outro treinamento, decidindo assim saírem da capacitação e voltar às salas de aula. Noleto sabendo da movimentação dos professores, compareceu ao Dorgival na intenção de intimidá-los juntamente com a Polícia Militar que bloqueio a saída da escola para não deixar ninguém sair do treinamento. A PM também foi “ordenada” a prender os representantes do sindicato.

Ainda assim, os professores não se sentiram intimidados e partiram pra cima de Noleto, para que ele se retratasse publicamente e pedir desculpas por taxar a categoria de irresponsáveis. Neste momento, ele, membros do sindicato e alguns professores estão reunidos para decidir se a capacitação continua ou não.

“Depois de duas semanas de greve, colocam os professores numa escola e tentam empurrar porcaria goela abaixo, quando o correto era aula... os pais devem estar indignados”, desabafou um professor no meio do tumulto.
(Por Samuel Souza)

Nenhum comentário:

Designed By