Breaking News

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Roseana é a única da família a evitar sobrenome Sarney

Política - Ao contrário do irmão Sarney Filho (PV) e do tio, Ivan Sarney (PMDB), a governadora do Maranhão e candidata à reeleição, Roseana Sarney (PMDB), nunca fez referência ao nome do pai (José Sarney - PMDB) em seus lemas de campanha a cargos majoritários.

Desde quando se elegeu deputada federal, em 1989, Roseana está na quinta eleição majoritária (quatro para o Executivo do Estado - 94, 98, 2006 e 2010, e uma para o senado - 2002), mas nunca usou o sobrenome do presidente do Senado em suas campanhas. Nem mesmo mensagens de apoio gravadas pelo ex-presidente da República foram exibidas em seus programas eleitorais, desde a década de 1990.

Oficialmente, a coordenação de campanha alega que a falta de referência ao nome Sarney é uma estratégia para tornar a filha do presidente do Senado mais popular. A oposição, do outro lado, afirma que essa tática buscar desvinculá-la da família.

O ex-governador do Estado e ex-aliado da família Sarney no Maranhão, o candidato ao Senado José Reinaldo Tavares (PSB), em programas eleitorais, tem se aproveitado dessa situação para disparar ataques contra a governadora do Estado. Em alguns, ele desafiou a governadora a exigir alguma mensagem gravada pelo presidente do Senado em favor da candidatura da filha. "Ela tem vergonha do próprio pai", disse José Reinaldo.

Nessa campanha, apenas uma vez a governadora Roseana Sarney apareceu lado a lado com o pai. Foi durante a convenção do PMDB, realizada em 14 de agosto. O evento também contou com a participação do ministro das Relações Institucionais do PT, Alexandre Padilha, e do presidente do PMDB, Michel Temer.

Na ocasião, o senador Sarney afirmou que não tem mais comando sobre a campanha da filha afirmando, inclusive, que "hoje, é a minha filha que manda em mim". Nos bastidores, fala-se o contrario, que o ex-presidente seria o principal coordenador da campanha de Roseana. Ninguém do PMDB, porém, confirma essa informação.

Protesto

"Existe um movimento anti Sarney em todo o Brasil, e não seria inteligente por parte da Roseana adotar o sobrenome e acirrar esse debate", analisou o analista político e professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Wagner Cabral.

A postura de Roseana é totalmente contrária a de outros nomes conhecidos da política maranhense ligados à família Sarney. Sarney Filho (PV) e o irmão de José Sarney, Ivan Sarney (PMDB), nunca retiraram de seus nomes a referência ao famoso sobrenome.

Hoje, estudantes e twitteiros de São Luís realizaram uma caminhada de aproximadamente quatro quilômetros como forma de protesto contra a candidatura à reeleição de Roseana. Segundo a organização do evento, pelo menos duas mil pessoas participaram do evento. A ação foi planejada pela internet a cerca de uma semana e coordenado pelo movimento #ForaRoseanaSarney.

Segundo os organizadores do evento, a ação é uma reedição do movimento "Fora Roseana", realizado em 2006, que reuniu entidades estudantis e movimentos sociais contra a candidatura da peemedebista ao governo do Estado.

Os estudantes, com faixas e cartazes e gritando palavras de ordem contra a governadora do Estado, se concentraram na Praça da Bíblia, no centro da capital maranhense, e seguiram em direção ao Palácio dos Leões, mas encontraram a sede do Executivo fechada. Caravanas do interior do Estado de cidades como Caxias, Bacabal e Santa Inês fizeram parte do movimento. Pelo menos 20 entidades ligadas do movimento sindical, estudantil e movimentos sociais participaram da caminhada. (FONTE: JP)

Nenhum comentário:

Designed By