Breaking News

quarta-feira, 24 de março de 2010

SEM PT ROSEANA SERÁ CANDIDATA?

Política - Roseana Sarney usa todo o seu 'charme', que não é pouco, para atrair o PT para sua candidatura e assim pensa evitar, ou dificultar, uma candidatura de Flávio Dino ao Governo do Estado. Ela se dedica a essa 'conquista' com afinco, enquanto a imprensa da família divulga boatos de que Flávio não será candidato.

Roseana Sarney e de resto toda a família não escondem o medo que têm de uma candidatura do brilhante deputado federal ao Governo do Estado. Esse medo é aumentado quando ela lê pesquisas mostrando que, mesmo com toda a propaganda, mal consegue chegar a 45% das intenções de voto, dado que é acompanhado de uma angustiante rejeição que passa dos 40%. Isso é interpretado como o seu 'teto' de crescimento, e essa enorme dificuldade leva-a a contratar Duda Mendonça, o mais caro dos marqueteiros, atropelando as empresas que vê trabalhando com ela no governo e que inventaram o slogan 'De Volta ao Trabalho', escrito até nos postes... Em Brasília, os políticos mais experientes dizem que quando um político contrata esse profissional é porque a coisa está feia e eles procuram alguém com poderes quase mágicos para a sua salvação.

Pois bem, e se o PT não decidir por Roseana Sarney e sim por Flávio Dino, a recíproca será verdadeira? Muita gente acha que se isso acontecer será um baque tão grande, uma decepção de tão grandes dimensões, que traz uma realidade cheia de dúvidas, incertezas e medo, que duvidam que Roseana Sarney confirme a sua candidatura, permitindo ao irmão Fernando se lançar em busca de um mandato de deputado estadual e da imunidade parlamentar.

Será que ela terá coragem de enfrentar Flávio Dino e se arriscar a perder a eleição no cargo, o que lhe tiraria até a desculpa, já usada, de que sua derrota seria por causa da ação do governo em mãos adversárias? Seria demais para o orgulho e arrogância dela. Não teria como se recuperar.

De outro lado nada disso adianta, pois Flávio Dino será candidato a governador. O povo quer apoiá-lo.

A política vive de ciclos de poder de políticos que dominam a cena durante algum tempo. Mas todos os ciclos chegam ao fim, e não há dúvida de que esse tempo chegou para a família Sarney no Maranhão. Não tem volta, saturou, cansou, e o povo não agüenta mais.

Essa deprimente homenagem ao senador José Sarney, patrocinada ostensivamente pelo governo da filha, em recinto fechado e só aberto aos previamente credenciados, é um ato falho, contraproducente, que mostra por inteiro a fragilidade política em nosso estado do senador José Sarney. Era melhor não ter feito nada.

A proposta para que a decisão do PT do dia 27 acontecesse após um debate entre Roseana Sarney e Flávio Dino provocou a reação mais que esperada dos apoiadores de Roseana, que imediatamente disseram não aceitar o debate com Flávio. Todos sabem que mesmo exercendo o governo ela não tem condições de enfrentar um debate, pois é público e notório o seu alheamento das ações do governo e do desempenho das secretarias. Um debate com uma pessoa competente e tarimbada como Flávio exporia demasiadamente suas lacunas e fraquezas, e é consenso que ela não agüentaria. Que apoio envergonhado!

Seus apoiadores do PT não confiam nela e sabem que ela não é uma governante preparada, não tem como acreditar em seu desempenho, e assim nada mais evidente para eles que correr para tentar abafar idéia tão perigosa. Como se já não bastasse o vexame da proposta de coligação com o PT, em que, por respeito à grande rejeição da governadora no partido, não quiseram colocar o nome dela no documento e a esconderam atrás de siglas partidária diversas, tentando ocultar o óbvio, de que eles, envergonhados é verdade, apoiam Roseana Sarney para governadora. É vexame de grandes proporções. Ela deve ficar furiosa com tudo isso. Qualquer um ficaria...

É incrível a desfaçatez do governo de Roseana Sarney. Hoje o governo deve ser o maior locador de espaço no Shopping Jaracati, que pertence a, nada mais nada menos, que ao seu pai, o senador José Sarney. E o que está funcionando ali sob o patrocínio de Roseana Sarney e beneplácito das autoridades dos órgãos controladores? Estão lá o Viva Cidadão, o Shopping da Justiça e Cidadania e uma loja da Caema. O governo federal também ajuda a família com agências da Caixa Econômica Federal e outra dos Correios. E nem pensam explicar a transferência voluntária de renda do governo para a família Sarney. Estão tentando tirar toda a vantagem que puderem antes da derrota em outubro. Nem tentam disfarçar as aparências.

Todos sabem que Sarney manda quase tanto quanto Lula, e que Edison Lobão é um ministro forte, mas estamos vendo se repetir o que já aconteceu no passado. Desta vez com aviso do vigilante e eficiente deputado federal Carlos Brandão. Quando foi construída Boa Esperança, no rio Parnaíba, o Maranhão não tinha geração de energia elétrica e o benefício era tão grande que ninguém se lembrou de questionar por que a sede da empresa, e da usina, ficou do lado do Piauí. Assim, todo o ICMS pago pelos consumidores fica com o Piauí.

Agora, o Ministério de Minas e Energia vai leiloar a construção de mais 8 hidrelétricas no rio Parnaíba, e todas as audiências públicas estão acontecendo naquele estado. Se o Maranhão continuar de braços cruzados como até agora vai ver de novo todo o ICMS ficar também lá.

Para o Governo do Estado não adianta apelar. Só se interessa pelas próximas eleições. Temos que exigir que também no Maranhão se façam as audiências públicas previstas em lei, para que o estado possa dividir com o Piauí os tributos que serão devidos pelos empreendimentos.

Deu no Globo Rural, do Maranhão, que o estado comprou R$ 50 milhões de sementes de arroz estragadas e que não puderam ser recebidas pelos agricultores pois não podiam germinar mais. Assim foi perdida a safra de arroz, trazendo grandes prejuízos para centenas de pequenos agricultores.

Essas noticias, muito graves, são recebidas pelo governo como coisas banais e a governadora, cercada pelos seus repórteres, não é cobrada pelas loucuras do seu governo. Os outros não conseguem chegar perto. Por falar nisso, nunca Roseana Sarney deu uma entrevista coletiva recebendo toda a imprensa. Blindam a governadora de todos os jeitos. Só aqui...

É impossível esconder que Roseana Sarney está demorando muito a voltar ao trabalho...

O ex-governador José Reinaldo Tavares escreve para o Jornal Pequeno às terças-feiras

3 comentários:

Luiza disse...

Pq não continuar? o PT maranhense pode ( o que é bem difícil) não apoiá-la, mas ela tem pleno apoio do PT nacional, do presidente Lula, ou seja, a fatia mais importante e influente do PT está do lado dela.

Angela Matias disse...

Continua sim, pq não é Roseana que perde se o PT não estabelecer aliança com ela, são os petistas.

Fábio disse...

Ué, pq perderia? Roseana tem luz própria. Força e apoio popular, o PT é quem pode sair perdendo.

Designed By