Breaking News

segunda-feira, 15 de março de 2010

Policiais civis recusam proposta do governo

Sociedade - Diante da proposta de 17,7% apresentada pelo governo do Estado, o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Tocantins ( Sipocito) decidiu permanecer em greve, iniciada no último dia 11. A decisão foi tomada na noite de ntem, em uma reunião a portas fechadas, no Palácio Araguaia, entre Casa Civil, Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Sipocito.

Conforme o secretário da Casa Civil, Antônio Lopes Braga Júnior, o governo ofereceu uma proposta de aumentar o salário inicial da categoria de R$ 2.290,68 para R$2.750,00 a partir do mês de maio. A presidência do sindicato declarou que a classe reivindica um piso salarial de até R$ 5.000,00, valor que equipararia ao salário do cargo de perito. A categoria e o governo fizeram um acordo de não estender a greve para o sistema penitenciário. “Iremos apresentar uma nova proposta na segunda-feira, em uma reunião às 16 horas”, disse Braga. No entanto, o secretário afirmou que o Estado não tem dinheiro em caixa para atender a solicitação da categoria.

Fonte: Jornal do Tocantins

Nenhum comentário:

Designed By