Breaking News

quarta-feira, 24 de março de 2010

Marcelo Tavares chama de 'laranja' proposta do PT roseanista

Política - O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), classificou de “laranja” a proposta formulada por um grupo do PT maranhense defendendo a aliança do partido com o PMDB da governadora Roseana Sarney.

Fazendo referência ao Encontro Estadual do Partido dos Trabalhadores, que será realizado nos dias 26 e 27 deste mês e que definirá qual rumo o partido tomará nas eleições majoritárias deste ano, Marcelo Tavares afirmou que os membros do referido grupo petista tentam ludibriar os delegados que participarão do Encontro ao garantirem que a aliança entre PMDB e PT, caso realmente seja concretizada, ganhará a adesão de siglas como o PSB e PCdoB, também pertencentes à base de apoio ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Esta é a proposta disfarçada, ou também podemos chamá-la de proposta laranja. Aqui no Maranhão, o PSB, PCB e PCdoB já optaram por uma aliança que girará em torno do nome do deputado Flávio Dino. Gostaria que todos os delegados petistas que irão participar do Encontro Estadual soubessem que nós, do Partido Socialista Brasileiro, não iremos, de maneira nenhuma, compor com o atual governo do Estado”, afirmou o presidente da Assembleia.

De acordo com Tavares, ao invés de tentarem passar para a opinião pública uma falsa informação acerca das alianças partidárias, o grupo petista que defende a reeleição de Roseana Sarney deveria jogar aberto, deixando claro para os delegados do partido e para toda a sociedade do Maranhão que eles estão, de fato, interessados em cargos no primeiro escalão do governo estadual. “Não estou dizendo que é imoral o PT participar do governo Roseana. Mas é errado vender a imagem de que, caso esta aliança se concretize, outros partidos da oposição irão aderir a este projeto político. O político não pode ter duas caras. Ele tem que ter responsabilidade e assumir as suas verdadeiras posições e interesses”.

Marcelo Tavares fez questão de ressaltar a proposta dos partidos de oposição. Tal proposta defende a candidatura do deputado federal comunista, Flávio Dino, ao governo do Estado. Este grupo político, segundo o presidente da Assembleia, fará com que as oposições maranhenses tenham um palanque forte, com um nome forte, para combater um grupo que, de acordo com Tavares, representa o atraso da política maranhense.

“Para os partidos do campo da oposição, seria uma grande honra ter o PT participando deste grupo político que quer abraçar o futuro e não andar de mãos dadas com o atraso”, finalizou o presidente.

2 comentários:

Luiza disse...

Acredito que o que menos o PDMB precisa é do apoio do escorregadio PSB, partido do Zé Reinaldo que tá envolvido do cabelo aos pés nesse escândalo da Operação Navalha, só se Roseana quiser afundar a campanha, associando sua imagem a ele.

Fábio disse...

Luiza disse tudo. Só se a governadora estiver afim de afundar sua campanha!

Designed By