Breaking News

segunda-feira, 29 de março de 2010

BOM DIA BRASIL: Morre mais uma criança que esperava vaga na UTI no Maranhão

No estado, 17 crianças morreram por falta de espaço em UTIs no ano. A última vítima foi Maiara Coelho, de 8 anos.

Saúde Imperatriz - É um daqueles desafios que deveriam ser encarados como prioridade por qualquer pessoa. É uma triste realidade para todos os governos, de qualquer estado brasileiro: a falta de leitos em Unidades de Tratamento Intensivo.

Maiara, de 8 anos, ficou internada no corredor de um hospital em Imperatriz durante dez dias. Só na sexta-feira foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular. Mas a menina não resistiu e morreu de meningite.

"Eu estou inconformado com a situação. Já que não resolveu para minha filha, espero que possa ser resolvido para outros pais de família, para que não passem pelo mesmo que eu passei", pede o pai de Maiara, Josimar Moreira.

O Ministério Público já entrou com várias ações contra o governo do estado e a prefeitura de Imperatriz cobrando a abertura de novas vagas de Unidades de Terapia Intensiva. Só este ano 17 crianças morreram na cidade porque não aguentaram esperar na fila para iniciar o tratamento.

"Esse é um problema que já existe há vários anos. O que está acontecendo agora é que nem com a liminar as crianças estão conseguindo a internação", aponta o promotor de justiça Marcelo Trovão.

No único hospital público em Imperatriz que oferece vagas na UTI, há 29 leitos, todos ocupados e disputadíssimos.

Agora, a secretaria estadual de saúde do estado se comprometeu a mandar R$ 2 milhões para resolver a falta de vagas nas UTIs em Imperatriz.

Nenhum comentário:

Designed By