Breaking News

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Acusado de assaltar Banco Real de Imperatriz é pr..

Acusado de assaltar Banco Real de Imperatriz é preso em Porto Franco

Caso de Policia - Em uma ação conjunta, homens da policia civil e militar do Maranhão prenderam, na cidade de Porto Franco, Frantanízio Alves Hermínio, conhecido como “Frank do Pará” ou “Gordinho. Ele é acusado de ter assaltado a agência do Banco Real de Imperatriz, em agosto de 2007.

De acordo com informações policiais, Frantanízio Alves estava em Porto Franco junto com seu cunhado, Kennedy dos Santos Sacramento, monitorando um gerente de banco da cidade.

Eles já planejavam, junto com outros integrantes do bando, assaltar a agência do Bradesco da localidade. Kennedy dos Santos Sacramento também foi preso durante a operação. A ação do Serviço de Inteligência foi fundamental no monitoramento dos acusados, antes da consumação do novo assalto.

Assalto à agência do Real - Frantanízio e seu bando assaltaram, em agosto de 2007, a agência do Banco Real de Imperatriz, localizada na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, Centro. Na ocasião, eles renderam o gerente e sua família e passaram toda a noite na casa das vítimas. No dia seguinte, o gerente foi levado até a agência para entregar aos bandidos valor de R$ 250 mil.

Os assaltantes fizeram a mulher os filhos do gerente de reféns enquanto o assalto estava sendo realizado, obrigando o funcionário a agir conforme suas determinações e fugindo em seguida. Logo após o assalto ao Real de Imperatriz, Frantanízio e seu bando foram para o Piauí, onde assaltaram uma agência do Banco do Estado. O bando chegou a ser preso por policiais do Piauí, em Imperatriz. Entretanto, todos, com exceção de Frantanízio, já estão em liberdade.

A polícia está agora à procura dos demais membros do bando que assaltou o Banco Real. O depoimento de Frantanízio será importante para que os demais assaltantes sejam localizados e presos. (Com informações de O Progresso)

Nenhum comentário:

Designed By