Breaking News

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Roseana acabou com programas sociais , diz Zé Reinaldo

Política - “O governo ilegítimo de Roseana acabou com todos os programas sociais que existiam no Estado. Todos os programas sociais que eu e iniciei como, por exemplo, o Saúde na Escola e Água em Minha Casa, que o Jackson continuou, e foram extintos pelo governo de Roseana, afirmou o ex-governador e pré-candidato ao Senado, José Reinaldo Tavares, nos encontros regionais do Partido Socialista Brasileiro (PSB), realizados sábado (17), em Santa Inês, e domingo (18), em Viana.

José Reinaldo disse que a governadora Roseana está tirando os recursos do SUS de vários municípios por pura perseguição política, como é o caso de Porto Franco que perdeu 62% dos recursos da saúde. “A única forma de o Maranhão voltar a crescer como aconteceu no meu governo, que elevou o IDH de 0,636 para 0,723, é derrotarmos essa oligarquia novamente nas urnas como fizemos em 2006. Para isso, mais uma vez, o PSB vai ser decisivo. Nós podemos e vamos ganhar as eleições para o governo do Estado e quebrar o monopólio do poder de Sarney no Senado, elegendo os senadores do Maranhão”, declarou.

Os encontros regionais do PSB de Santa Inês e Viana contaram com um grande número de lideranças socialistas de dezenas de municípios das regiões do Pindaré e da Baixada. A candidatura ao senado do ex-governador José Reinaldo foi defendida por todos. Os deputados estaduais Domingos Paz (PSB), Marcelo Tavares (PSB), presidente da Assembleia Legislativa, o deputado federal Ribamar Alves (PSB) e o ex-deputado federal e presidente estadual do PSB, José Antonio Almeida, debateram a conjuntura nacional, estadual e as políticas públicas defendidas pelos socialistas.

Outro ponto de destaque nos debates foi a organização e o fortalecimento dos segmentos sociais do partido como juventude, mulheres e movimento negro e sindical. “O PSB precisa estar organizado e se fortalecer cada vez mais para enfrentar e derrotar a oligarquia Sarney nas eleições de 2010, fazendo as alianças necessárias, e colocar o Maranhão de novo no caminho do desenvolvimento com justiça social”, disse o presidente do PSB estadual José Antonio Almeida.

Segundo Marcelo Tavares, o governo Roseana ainda não disse ao que veio. “Não se vê uma obra desse governo em todo o Estado. Esse governo só tem dinheiro para os grandes empreiteiros. É um governo só para os ricos”. Como dizia Cafeteira, lembrou Marcelo, o governo da Roseana começa e termina quando se liga a televisão. “Esse é um governo que, além de ilegítimo, só existe na propaganda de grandes empreendimentos que eles dizem que estão trazendo para o Maranhão, mas que é uma grande enganação”, esclareceu.

O deputado Ribamar Alves (PSB) defendeu o nome do deputado Flávio Dino como o candidato que o PSB deve apoiar para o governo do Estado. “As pesquisas mostram que o povo do Maranhão quer renovação, e o Flávio Dino expressa muito bem esse sentimento do povo maranhense. Estamos apenas iniciando o debate, mas é o nome do Flávio Dino que vou defender na convenção do partido que decidirá a nossa candidatura ao governo do Estado. E o nosso senador será José Reinaldo, para quebrar o poder do Sarney no Senado”, explicou.

De acordo com Ribamar Alves, a candidatura do deputado Ciro Gomes (PSB) à presidência da República está praticamente definida. “O Ciro está crescendo cada dia mais, em Brasília tem 25% da preferência contra 15% da Dilma (PT,) e em Santa Catarina também já lidera as pesquisas. O PSB terá um forte candidato à presidência da República. Vamos trazer o Ciro ainda este ano ao Maranhão. O Ciro tem todas as qualificações para ser o candidato do Lula e só com ele o Lula pode fazer seu sucessor”, declarou.

O deputado Domingos Paz (PSB) conclamou os socialistas a ampliar a luta e a organização do povo para enfrentar e derrotar a oligarquia Sarney nas eleições de 2010. “Precisamos combater com força a política “convencional” que só leva ao atraso e praticar uma política diferente, onde o povo seja respeitado na sua dignidade e que leve o Maranhão de volta ao desenvolvimento. O PSB, pela sua força, história e tradição de partido de esquerda, vai ajudar a ganhar a eleição e a governar o Maranhão”, afirmou.

José Antonio Almeida disse que o PSB vai lutar na justiça pelos mandatos dos três deputados que deixaram o partido. Ele acrescentou que o direito de sair é legítimo, mas que o mandato, a Justiça Eleitoral já declarou, pertence ao partido e que o PSB vai reconquistá-los. Os suplentes que devem assumir são a Dra. Luana, de Santa Inês, Ribamar Câmara, de São José de Ribamar e Francisco Gomes, de Chapadinha.

Os encontros regionais iniciados pelo PSB terão prosseguimento no próximo final de semana. No sábado (24) é a vez de Timon. Com esses encontros os socialistas querem engajar todo o partido no debate sobre o projeto político e eleitoral do partido para as eleições de 2010.

Um comentário:

Albino disse...

Nesta altura do campeonato o mercado político já vê como irreversível candidatura de Ciro a presidente por ser, dentre os aliados do presidente Lula, a mais viável.
O crescimento de Ciro nas últimas pesquisas tem assustado os Serristas e os Dilmistas que sem saberem o que fazer partem para o ataque a Ciro. A ultima pesquisa, publicada no globo, mostra que no Rio Serra aparece com 27%,Ciro com 22% e Dilma com 15%. Esta e outras pesquisas, em Brasília, Santa Catarina e Paraná, deve estar tirando o sono de muita gente.
De agora pra frente, Ciro será o alvo de ataque dos Tucanos e Petista, enquanto os partidos da base aliada ensaiam apoio à candidatura de Dilma, mas ficarão de olho nas pesquisas para ver em qual canoa vão embarcar.

Designed By