Breaking News

sábado, 18 de julho de 2009

Confirmado sétimo caso de gripe A no Maranhão

Maranhão - Relatório da Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, no início da noite de ontem, o sétimo caso de gripe A no Maranhão. O mais novo caso notificado oficialmente da doença é de uma criança do sexo masculino, de 9 anos.

Conforme informações do coordenador clínico de combate ao Influenza A no Maranhão, o infectologista Wellington Mendes, o menino estava em uma viagem para a Austrália antes de contrair a doença. Os pais não tiveram a nova gripe. A criança foi medicada, passa bem e a tendência é que ela saia do isolamento domiciliar hoje. “Ela está absolutamente bem”, confirmou Wellington Mendes.

A Secretaria Estadual de Saúde descartou dois casos (homem de 27 anos, que esteve em São Paulo; e homem de 18 anos, que chegou a ser internado no Hospital Geral). Ontem, entrou mais um caso na lista de suspeitos: de um homem de 68 anos, que chegou de Fortaleza. Atualmente o Maranhão tem cinco casos suspeitos de Gripe A.

O coordenador clínico do Influenza A no Maranhão declarou ontem que, mesmo com a confirmação de 11 mortes pela nova gripe em todo o Brasil e com o anúncio do Ministério da Saúde de circulação sustentada do vírus (aquela que não pode ser controlada) no território nacional, o Maranhão ainda não detém a circulação livre do vírus. “Há circulação sustentada apenas no Rio Grande do Sul e em São Paulo. No Maranhão, houve apenas um caso de transmissão interna”, analisou Wellington Mendes.

Ele afirmou que a Secretaria Estadual de Saúde já está trabalhando operacionalmente com o novo protocolo do Ministério da Saúde de classificar a doença, não mais como influenza A, mas como doença respiratória aguda grave. “Neste novo protocolo, se pensa no quadro clínico do paciente. Se tiver que tomar Tamiflu (medicamento contra gripes mais fortes), independentemente de ser diagnosticado quadro de influenza A, ele irá tomar, sem dúvida”, finalizou Mendes.

O Estado.

Nenhum comentário:

Designed By