Breaking News

sábado, 18 de julho de 2009

Bancários estão com medo de assaltantes

Maranhão - Os bancários estão preocupados com a onda de assaltos no Maranhão, em especial na Região Tocantina. De janeiro a junho deste ano, foram registrados 11 assaltos a banco no estado, cinco deles na região. Por isso, a diretoria do Sindicato dos Bancários no Estado está preparando um documento que será encaminhado ao Ministério Público Estadual e às instituições, como a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e ao Ministério do Trabalho em que pede intervenção visando maior segurança à categoria.

O sindicato realiza estatística de assaltos a banco o ano inteiro e o que chama a atenção dos sindicalistas é o aumento dos índices desse tipo de crime este ano.

“Informamos que geralmente os assaltos acontecem um ano antes das eleições estaduais, o que é uma coincidência muito grande. Agora vamos levar um outro documento não só ao Ministério Público, mas à OAB, e a todos os órgão que possam nos ajudar nessa situação”, frisou Cássio Valdenor Paz, representante da delegacia do Sindicato dos Bancários na Região Tocantina. Ele disse que o relatório dos assaltos ocorridos na Região Tocantina reforçaram esse novo documento. Insegurança - O clima de insegurança também é tema a ser abordado pelos bancários maranhenses no encontro nacional da categoria que acontece desde ontem em São Paulo. A pauta desse evento, batizado de “Fórum Nacional de Bancários”, que prosseguirá amanhã, é a elaboração da convenção coletiva de trabalho da categoria para sustentar as negociações da data-base em setembro.

“Hoje o bancário, se perder o emprego no banco, pode pegar o emprego de vendedor porque ele vai ser um vendedor nato porque ele é pressionado o tempo todo a vender produtos bancários como títulos de previdência, capitalização, seguro de vida dentre outros”, reclamou o dirigente sindical. Ele adiantou que esse tipo de exigência está vindo no contrato de trabalho dos bancários, o que torna algo obrigatório o cumprimento de metas de vendas sob pena de demissão. O sindicato repudia essa medida. Esses assuntos, aliados às demandas relacionadas ao salário, também foram discutidos num encontro regional de bancários ocorrido em Fortaleza (CE) recentemente.

Bancos

- A data-base dos bancários, ou seja, o perído definido em convenção para negociações salariais da classe, é o mês de setembro e o sindicato dos bancários planeja iniciar as discussões cedo na tentativa de adiantar as negociações.

- Delegados e dirigentes do sindicato e delegacias regionais seguiram em caravanas para participar do encontro nacional de bancários que iniciou-se ontem e vai até amanhã em São Paulo.

Fonte: O Estado (JR)

4 comentários:

carlos roberto silveira disse...

Sp.07/07/2009.
(Cartões clonado! O porque?! De quem ´é a culpa! Dos bancos.. veja)

Os criminosos já descobriram qual a melhor hora e locais para os assaltos .
Sabe-se que banco já não tem mas tanto dinheiro, nos dias de hoje tem mas grana nos caixas eletrônicos , por isto o aumento dos crimes nos atm.
Ate um jegue já foi usado para arrastar um terminal. Os assaltos e furtos nos caixas eletrônicos em todo o pais são facilitados pela inexistência de segurança nos mesmos ( a lei obriga que tenha vigilantes). Um absurdo os clientes terem que passar por diversos constrangimentos como cartão clonado por chupa-cabra e outros dispositivos instalados nos atm , seqüestros relâmpagos com o dono do cartão. Acontece tudo isto pela falta de segurança com vigilância nesses locais.
O pior disto tudo é que desde 2003 , já se tornou obrigatório ter o segurança ali na área física(área contígua) da agencia bancaria. Para reforçar a tal decisão de 2003 a própria Policia Federal, em sua ultima portaria 387/2006, ver ( www.dpf.gov.br ) .
Esta por determinação que todo caixa tem que incluir em seu plano de segurança o vigilante nos caixas.Mas nos parece que todos esquecem de cumprir a Lei.
Os bancos por sua vez esperam que a PF vá lá multar e aguardar uns 6 meses até que este documento chegue a Brasília , para uma comissão avaliar..... e recorrer demorando mais , enquanto isto os crimes continua acontecendo, vide nos últimos 2 anos só pelas noticias da imprensa , já tivemos mais de 4 mil atm levado , furtados e não da para caracterizar os seqüestros relâmpagos , pois para a policia isto e considerados como roubo consumado. As entidades sindicais fazem denuncias pelo não cumprimento da lei aos montes.
Neste ano de 2009 , já foram assaltados mais de 200 caixas.)
Só para entender, todo ano cada agencia bancaria paga uma taxa de 1000 ufir para que o plano de segurança seja aprovado , nesta data a policia federal já poderia ou multar e fazer cumprir a lei quer dizer colocar o segurança nos atm , olha que isto já se tornou obrigação de constar no plano de segurança desde 2006 , quer em 2007 todas as agencias já passarão pelo crivo da PF, quer dizer que todas agencias já deu ciência a PF, o porque não obriga que tenha segurança é outra situação .....
Nos demais caixas ainda não tem obrigação de lei , mas por uma questão de bom senso já deveria ter segurança. Aos senhores da imprensa alerta , na hora que forem entrevistar os representantes dos bancos , em geral eles costuma dizer que ainda não sabem ou não tiveram tempo para ler o texto, outros dizem que ainda vão recorrer, tudo conversa fiada para não falar do tema, tem muitos delegados das delegacias da segurança privada , usam do mesmo expediente.locais para buscar mais detalhes ,no PF www.dpf.gov.br/unidades
Sindicatos do Brasil, www.vigilantecntv.org.br , www.fetravesp.org.br, sindicatos no Estado de São Paulo.

carlos roberto silveira disse...

SP. 13.07.2009.release
Vigilância Privada também esta autorizada a usar armas de choque, espargidor de gás pimenta e algemas.

Agora liberada para segurança privada.
Com a publicação da portaria.n°358 de 25.06.2009(publicação no diário oficial da união).Alcance da arma ate 10 metros
Para o transporte de valores o alcance será de 50 metros

Em seu artigo. 70 e parágrafo 11 autoriza que as empresas possa comprar e utilizar armas de descarga elétrica na segurança privada,(armas não letais).
Treinamento com duração de 14 hs., Para a segurança patrimonial e pessoal.
Neste treinamento esta embutida o uso do gás de pimenta e algemas.

Já para os que trabalham no transporte de valores o treinamento será de 20 hs, pois tem também o uso de granada de gás lacrimogêneo.
Projéteis de borracha. Nas armas de calibre 12.

Nossa avaliação ´é que não vai avançar quase nada dado o custo da arma e do preço da munição , (carga), por outro lado em alguns paises consideram que se o profissional der mais de dois tiros estará cometendo o crime de tortura . Aqui no Brasil ainda na se tem noticia deste disciplinamento de ordem legal

Alguns dados :uma arma de fogo , custa hoje R$ 1700,00 , as munições deveriam ser trocada a cada 6 meses assim diz o fabricante, mas nem 10 % das 1400(em todo o pais) empresas de segurança fazem a troca como determina o fabricante.
Usa-se(arma de fogo) por mais de vinte anos, pois não tem prazo de validade.

Uma arma de choque agora no mercado brasileiro , importada por uma só empresa , estrangeira autorizada pelo Exercito Brasileiro , ainda não temos todas as informações .


Colete a prova de balas .
Os coletes a prova de balas , após o vencimento que são de 5 anos devem ser devolvidos a empresa fabricante para que seja destruído..isto vale para toda empresa de segurança e vigilância e as empresas de transporte de valores..
Conquista.
A conquista da obrigação de fornecer o colete a prova de bala é de dez de 2006 ,através da portaria 191 de 2006 do Ministério do Trabalho e emprego.Até dez de 2011 todos os postos de trabalho ( de todo o Pais ) que utilize arma deve fornecer os coletes , são 20 % do efetivo de trabalhadores,.hoje tem aproximadamente 270 mil armas nas empresas de segurança privada.
Por outro lado os seguranças irregular , só no estado de são Paulo, chega a cifra de 400 mil , no Brasil tem mais de 1.8 milhões de segurança e vigilantes clandestino..incluindo esses que fazem a pseudo segurança nas vias publicas .
Só para lembrar na via publica, somente a Policia Militar pode atuar.

carlos roberto silveira disse...

quaquer cidadao que sofre com esses crimes , apos a policia pegar s ladores , os prejudicados , como o bncarios , os clientes comum , devem entrar com uma acao na justica , para ressarcir o estrago que sofreu,como atendimento psicologico , tudo isto para que o criminoso fez, te que tirar do bolso do bandido,pois nos pagamos imposto para o estado , a policia corre o risco, para apanhar o madito criminoso , podendo morrer , e quem paga somos nos , entao nada mais justo , que o prejudicado, entre na justiça para receber dinhero da costa deste marginal , eles tem adv , ou paga adv em menos de 10 minutos os adv , estao la para dizer que o ''cliente estava drogado'' ridiculo, faca isto processe essas porcarias que surge na cidade e atrapanham nossa vida

carlos roberto silveira disse...

pau nesses criminosos , tirem o dinheiro deles

Designed By