Breaking News

terça-feira, 30 de junho de 2009

Índios Guajajara se recusam a liberar reféns

"Índios Guajajara se recusam a liberar reféns em Arame"
Maranhão – Os índios Guajajara da aldeia Presídio Zutiu, em Arame (MA), desistiram de libertar as pessoas feitas reféns. Os indígenas haviam se comprometido a libera-los no início da tarde, mas não cumpriram o acordo, reivindicando garantias maiores à Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A informação foi confirmada pelo titular da pasta César Pires, no programa Abrindo o Verbo, da Rádio Mirante AM.

- Tivemos conhecimento que eles voltaram a deter os funcionários nossos, exigindo não mais a escola que estamos fazendo – disse o secretário.

De acordo com o secretário, dez pessoas são mantidas reféns pelos indígenas, que garantem que todas estão sendo bem cuidadas. No entanto, César Pires disse que tudo estava certo para a libertação das pessoas pelos índios, mas o acordo não foi cumprido. Além das quatro primeiras pessoas, detidas desde quinta-feira, e das outras quatro rendidas na noite de ontem, dois funcionários da Embratel, que foram instalar uma antena de Internet, também ficaram presos.

- Eles tinham decidido conosco que o povo viria agora meio dia e que eles confiavam a gente entregar a obra. Tratei com o representante indígena e o da Funai e todos compreenderam que havia a necessidade de se apaziguar. Tem 10 pessoas reféns e eles têm dito que os reféns estão sendo bem tratadas. É preciso que eles tenham confiança na gente. Já me dispus a assinar um documento que nós vamos fazer o que foi acordado, mas não querem - explicou

Ainda de acordo com César Pires, a Seduc irá entrar com uma representação no Ministério Público e na Polícia Federal para tentar solucionar o impasse.

- Eles não podem colocar em risco de qualquer cidadão por conta de uma ação pouco aceitável de cidadania. O que for preciso e possível ser feito, nós faremos. Por isso, não me restou a não ser representar na Polícia Federal e no Ministério Público para tentar um ponto de equilíbrio nisso – finalizou.

Imirante.

Nenhum comentário:

Designed By