Breaking News

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Carreata em favor de Jackson Lago mobiliza bairros e praias de São Luís

MARANHÃO - Uma carreata gigante em defesa do mandato do governador Jackson Lago tomou conta das principais avenidas de São Luís, na manhã de ontem. O movimento foi organizado pelo Comitê em Defesa da Democracia no Maranhão, coordenado pelo Movimento Sem-Terra (MST) e pela União Estadual pela Moradia Popular.
A carreata saiu da Praça Maria Aragão, local de concentração, e passou pelos bairros da Liberdade, Camboa, Monte Castelo, Alemanha, João Paulo, Felipinho, Anil, Aurora, retorno da Cohab, Avenida São Luís Rei de França, Avenida dos Holandeses e Avenida Litorânea. O movimento teve dispersão no São Francisco, nas imediações da Lagoa da Jansen.
A carreata em defesa da democracia mobilizou a avenida principal do bairro do João Paulo
Mobilização em favor de Jackson teve a adesão espontânea de centenas de motoristas
Durante todo o percurso, buzinas e bandeiras do Maranhão chamavam a atenção de quem passava pelas principais avenidas de São Luís. O movimento teve a adesão espontânea de centenas de motoristas, que se juntaram à carreata em defesa da democracia no Estado.
A carreata levou para as avenidas carros de som e locutores que alertaram a população quanto à ameaça de golpe político no Maranhão por meio do processo movido pelo grupo Sarney, que tenta tirar o mandato de Jackson Lago, garantido nas urnas pela população do Estado. Os carros traziam, além de bandeiras, adesivos com a seguinte frase: "Golpe não! Sarney nunca mais".
O movimento contou com as presenças do presidente estadual do PDT, Julião Amin, de lideranças pedetistas, do deputado federal Domingos Dutra e de dezenas de secretários estaduais como Wilson Carvalho (Articulação Política), Telma Pinheiro (Cidades e Infra-estrutura), João Martins (Turismo), Domingos Paz (Agricultura), Eurídice Vidigal (Segurança Cidadã), Othon Bastos (Ciência e Tecnologia) e outros. Dirigentes de órgãos como Clodomir Paz (Detran) e Sofiani Labidi (Fapema) também se somaram à mobilização.
"Estão querendo ferir a democracia no Maranhão e nós não vamos permitir isso. Tentam nos dar um golpe e é preciso que a população se junte a nós para evitar que o grupo Sarney retorne ao poder, onde passaram 40 anos mandando", disse o sociólogo José de Paula Oliveira, que aderiu à carreata na Avenida Litorânea.
Mais mobilizações - Integrantes do movimento União Estadual por Moradia Popular estão se mobilizando para realizar, na próxima quarta-feira (18), uma grande manifestação de apoio ao governador Jackson Lago, às vésperas da votação do processo de cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A passeata vai sair da Praça Deodoro e seguirá ao Palácio dos Leões, onde se juntará a outros movimentos pró-Jackson programados para o mesmo dia.
A decisão sobre as estratégias de mobilização foi definida, na manhã de ontem, durante um mutirão do Movimento, realizado no canteiro de obras do Residencial Maria Firmina, em Paço do Lumiar. "O governador Jackson Lago sempre foi um homem comprometido com as causas sociais. Não vamos ficar de braços cruzados vendo tamanha injustiça acontecer", disse a coordenadora da União Estadual por Moradia Popular, Creusamar de Pinho.
Ela ressaltou ainda que "o Brasil precisa saber que o governador Jackson Lago não está sozinho e que o povo do Maranhão está alerta, vigilante e não aceita sua saída do Governo do Estado por meio de um golpe orquestrado pelo grupo opositor."
"Nosso movimento não defende apenas o mandato do governador Jackson Lago, mas age também em defesa da democracia, visando à permanência do governador que elegemos", frisou Creusamar de Pinho.
(JORNAL PEQUENO)

Nenhum comentário:

Designed By